Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Carmilla, de Sheridan le Fanu

por Carolina, em 23.06.15

Quando me apercebi da existência deste conto não pensei duas vezes em deitar-lhe as mãos. Comprei-o na Feira do Livro deste ano e foi direitinho para estante, mas não resistiu por lá muito tempo. O livro que estou a ler está a dar-me as voltas à cabeça, e só não o deixo de lado porque já não falta assim tanto para o acabar, mas estava mesmo a precisar de mudar de ares no que toca a livros, e o Carmilla chamava por mim, lá do alto da estante. Com pouco mais de 140 páginas, este conto de vampiros foi escrito 26 anos antes do Drácula - e serviu de inspiração para Bram Stoker, tendo sido um dos primeiros contos do género escritos na época. Carmilla foi tudo aquilo que eu esperava, e muito mais. Le Fanu consegue criar, em poucas páginas, um ambiente gótico e uma atmosfera misteriosa que nos faz virar as páginas sempre com vontade de ler mais. Contudo, onde marca pela diferença é na ousadia com que, para a época, introduz na história o erotismo e o lesbianismo, ainda que subtilmente. 

A nossa protagonista chama-se Laura e vive num castelo isolado com o pai e as criadas. Quando certo dia há um acidente de carruagem à porta do seu castelo, a jovem que vinha nessa carruagem, Carmilla, vê-se obrigada a ficar hospedada no castelo. Pouco depois, várias jovens começam a ficar doentes inesperadamente, sem se perceber o porquê. Carmilla acaba por ser um conto um tanto previsível, mas não deixa de lado os toques geniais do autor, que compõe a história e permitem embrenhar o leitor, numa leitura rápida e prazerosa. Podem ler este conto em Inglês, disponível no projeto Gutenberg. Deixo-vos o link para download aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De • Smartie a 23.06.2015 às 20:45

Parece ser bom, fiquei curiosa!
Beijinhos
Sem imagem de perfil

De Anna a 20.08.2015 às 21:28

Não gostei muito deste livro, a verdade é que não sou lá grande fã de vampiros e este nem é o tradicional livro de vampiros, mas não me conseguiu agarrar.
Beijinhos

Comentar post






Arquivo


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




blogging.pt