Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





#memóriasdonatal

por Carolina, em 15.11.14

A melhor parte do Natal para mim era quando me enfiava em casa da minha avó para fazer as filhoses de forma (sim, eu sei que é filhós, mas sempre disse filhoses portanto tenham paciência). Não sou fã da maioria dos doces de Natal, por norma as únicas coisas que como são o Bolo-Rei e a Filhoses de Forma (as minhas favoritas!), de resto não costumo atacar mais nada, o que nem parece muito meu.

Quando era mais pequena a minha avó fazia-as todos os Natais, sempre com a minha ajuda e da minha irmã. Ajuda é como quem diz, que nós só mexíamos no açúcar e na canela. Mas a melhor parte de todas era quando partíamos uma filhós de propósito, inventávamos que se tinha partido, e depois como não ficava bem na mesa tínhamos que a comer na altura. A minha avó devia topar-nos ao longe, porque em 20 partiam-se umas 10, mas nunca dizia nada. Mas sabia tão bem!

Vá, contem-me, vocês também faziam isto?

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De • Smartie a 15.11.2014 às 17:58

Uma das coisas que eu mais gosto no Natal e das minhas memórias mais antigas é chegar à casa dos meus avós (onde passo sempre esse dia) e enfeitar a mesa toda. Meter uma toalha toda natalícia, os pratos, distribuir os doces todos, juntamente com a minha avó e com a minha mãe (embora hoje em dia seja quase só eu que o faço) :) É uma das minhas coisas preferidas, adoro fazê-lo!
Imagem de perfil

De Carolina a 15.11.2014 às 20:53

Quando era pequena a única coisa que fazia na mesa era escrever e pôr os papéis com o nome das pessoas no sítio onde se iam sentar... gostava tanto!
Imagem de perfil

De Ana a 15.11.2014 às 19:22

Sem dúvida que o Natal durante a infância tem um significado tão especial e bastante diferente do que o que se vive agora... As memórias na casa da avó são também as que guardo mais. Era realmente espectacular.
Ah, e também faço parte do grupo que sabe que se diz filhós mas insiste em dizer filhoses :P
Imagem de perfil

De Carolina a 15.11.2014 às 20:55

Sem dúvida, o Natal durante a infância tem o "verdadeiro" espirito natalício. É daquelas coisas que eu gostava de poder voltar atrás e reviver!
Afinal não sou a única a dizer filhoses ehehe.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Magda L Pais a 16.11.2014 às 12:27

filhoses é que é. Tá mal, temos pena. Se eu dizer filhós nem sequer me vão saber bem. Vou achar que estou a comer outra coisa qualquer..
dito isto...

Desde que me lembro que é a minha tia que faz as filhoses no Natal. Com a ajuda das três sobrinhas (eu e a minhas irmãs). E eu sou sempre a que diz "esta não pode ir para o tabuleiro que está feia" e a engole logo de seguida. Já quase que fui corrida da cozinha com uma colher de pau por causa disso ehehheheheh mas atenção, sempre na boa disposição - estas coisas fazem parte do nosso Natal lá em casa
Imagem de perfil

De Carolina a 16.11.2014 às 18:38

Concordo, é filhoses e pronto!
Ehehe, tal e qual o que eu e a minha irmã fazemos. Ao menos já fico a saber que não somos as únicas.
Beijinhos
Imagem de perfil

De Vanessa a 17.11.2014 às 02:58

Cá por casa também se fazem e sempre se fizerem essas coisas, mas aquilo que eu adoro comer no Natal são pastéis de batata-doce ou azemias (isso é com grão e cá em baixo isso não se usa nem se come). Sempre que a minha mãe e a minha avó passavam dias inteiros a fazer essas coisas, eu chegava lá, roubava um bocadinho de massa ainda crua, embrulhada na batata-doce e molhada no açúcar e canela e fugia de lá :D a minha mãe dizia que eu só dava prejuízo!
Os chocolates também eram sempre uma guerra, principalmente as sombrinhas de chocolate penduradas na árvore. A minha mãe a dizer para não comermos e eu nunca comi, mas o meu irmão tinha manhas: quando a minha mãe ia desmanchar a árvore, já só tinha as pratas, porque o chocolate, nem vê-lo! :D
Eram das melhores coisas do natal :D

Comentar post






Arquivo


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




blogging.pt