Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O fenómeno Violetta

por Carolina, em 24.01.15

Sabem que sou fã de ler discussões ridículas nos comentários do facebook, é uma coisa que é capaz de me entreter naquelas horinhas mortas durante o dia (que, por sinal, e como já devem ter reparado, têm sido inexistentes nos últimos tempos). A última a que tive o prazer de assistir foi relacionada com os concertos da Violetta cá em Portugal. Pois que existe gente que acha estúpido os pais levarem os miúdos a estes espectáculos, ao invés de os levar a museus, teatros e coisas que tais. E porque afinal não devemos estar em crise, e porque afinal as famílias não devem ter assim tantos problemas monetários como andam por aí a dizer. Ora muito bem, se há coisa que me intriga e irrita são os pseudo-gestores-do-orçamento-dos-outros, ou seja, gente que acha que manda no dinheiro dos outros. Vamos lá então à hora do raciocínio. Pensem comigo: a pessoa trabalhou o mês todo. A pessoa recebeu o salário ao final do mês. A pessoa gastou o dinheiro que ganhou no que bem lhe apeteceu. Alguém vê aqui algum problema? Se calhar os meus pais levaram-me a demasiados Disney On Ice e coisas assim, e eu, por me ter tornado tão burra depois de ter assistido a esses espectáculos, não consigo ver o problema. Porque assistir a um espectáculo de uma miúda que faz sucesso entre a criançada implica que os pais nunca os tenham levado a museus, a teatros, ou a alguma espécie de espectáculo cultural. Valham-me os meus pais, que devem ser uma espécime muito rara entre os restantes, que para além de me levaram a ver este género de espectáculos quando era pequena, também tiveram a decência de me levar a sítios "educacionais" (como se houvesse alguém ou algo que educasse as crianças para além dos pais).

Para além disto, chegou-se então à conclusão, nos comentários do facebook, que afinal não estamos em crise porque alguns milhares de famílias foram ver a Violetta. Parece-me é que esta gente que faz este tipo de comentários foi demasiado infeliz na sua infância, sem nunca ter tido a oportunidade de ver um espectáculo de que gostava, e foi obrigada a passar tardes inteiras enfiada em museus. Amigos, ainda vão a tempo, acho que ainda há bilhetes para a Violetta! Deixem de ser tão invejosos pelo que os outros têm e fazem.

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De Sofia Sequeira a 24.01.2015 às 20:54

É isto!!
Imagem de perfil

De margaux a 24.01.2015 às 21:03

Concordo contigo. Acho que não é por levarem os miúdos aos concertos da Violetta que eles são mais ou menos educados culturalmente. Cada um faz o que quer com o dinheiro que tem.
Imagem de perfil

De Carolina a 25.01.2015 às 13:26

Claro que sim. Ir a um concerto não impede que durante o resto do ano os miúdos não façam ou assistam a actividades culturais (e mesmo que não o façam, não será motivo para serem mais burros).
Imagem de perfil

De • Smartie a 24.01.2015 às 23:22

Concordo completamente, disseste tudo!
Beijinhos*
Sem imagem de perfil

De Cris a 25.01.2015 às 11:20

Não esquecer que há gente que vem de outros países para ver o espectáculo aqui. Pela minha parte, como já disse no meu blog, eu raramente vou a concertos, também por razões monetárias, mas, essencialmente, porque me faz confusão muita gente junta. Eu ainda me lembro, há muitos anos, de uma vez que fui a uma discoteca com umas amigas e aquilo estava tão cheio que me comecei a sentir mal e não conseguia respirar. Tive que vir cá para fora esperar pelas minhas amigas e ainda tive direito a outro tipo de espectáculo: umas cenas tristes entre um casal.
Imagem de perfil

De Carolina a 25.01.2015 às 13:25

Mas se essas pessoas têm possibilidade e disponibilidade financeira para o fazerem, o que é que os outros têm a ver com isso?
Também há muita gente que gasta milhares de euros em tabaco. Desde que não fumem para cima de cima, quero eu lá saber. Preocupamo-nos demasiado com o que os outros fazem em vez de tentarmos atingir os nossos objectivos.
Sem imagem de perfil

De Cris a 25.01.2015 às 13:35

Sim, eu nem abordei essa questão porque não tenho nada a ver com isso. Só digo que eu não gastava dinheiro para ir ver a Violetta. Mas o que eu faço com o meu dinheiro é da minha conta.
Sem imagem de perfil

De Carlos a 26.01.2015 às 13:45

Eu compreendo a razão por detrás de alguns desses comentários, são resultado da observação de muitos exageros. Já vi filas com centenas de pais com crianças de 6 anos a dormir ao relento para ver um concerto e isso é demasiado "hardcore" para uma criança, ou raparigas de 10 anos a tatuar o Justin Bieber porque a deixa e apoia os gostos da filha.

Comentar post






Arquivo


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




blogging.pt