Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Sonhar

por Carolina, em 13.11.14

Costumo sonhar todos os dias. Sem falta. Há pessoas que nunca sonham, há outras que sonham de vez em quando e outras que, como eu, sonham todos os dias. E não me perguntem porquê, mas gosto de sonhar. Não sinto que por sonhar durma menos ou descanse menos. 

Por sonhar tanto, e por muitas vezes ter sonhos estranhos, gosto de, de vez em quando, ir procurar qual foi o significado daquilo. Mas não sou obcecada com isso.

A maioria dos meus sonhos mistura coisas do meu dia com outras completamente estranhas e que não passam pela cabeça de ninguém. Quem nunca sonhou que foi nu para a rua? Quem nunca sonhou que estava a cair da cama? Eu, por acaso, nunca sonhei que voava, e sei que é esse é um dos mais comuns.

Qual foi o sonho mais estranho que já tiveram ou o que mais vos marcou até hoje?

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Imagem de perfil

De • Smartie a 13.11.2014 às 20:55

Eu também costumo sonhar bastante, por acaso :) Acho que o sonho mais "estranho" que tive até hoje foi ter sonhado que estava a rebolar por um relvado abaixo quando era mais pequena, não porque tivesse sido algo de extraordinário mas porque tanto sonhei que acabei por rebolar cama abaixo e me estatelar no meio do chão do quarto...não foi bonito, confesso xD
Imagem de perfil

De Carolina a 13.11.2014 às 21:10

Quando era pequena também me aconteceu! Não estava a rebolar num relvado, mas foi coisa parecida. E sonhar que se estava a fazer xixi e fazer mesmo na cama?! Também não é bonito ehehe.
Beijinhos
Imagem de perfil

De • Smartie a 13.11.2014 às 21:11

Ahahah xDD Oh meu deus, não é mesmo nada bonito!
Beijinhos*
Sem imagem de perfil

De Mafalda M. a 13.11.2014 às 21:00

Agora tenho sonhado com coisas "más" digamos...tenho sonhado com o meu ex a toda a hora, e acordo sempre a chorar!
Imagem de perfil

De Carolina a 13.11.2014 às 21:11

Credo! Assim nem descansas como deve de ser.
Tens mesmo que tentar desprender-te disso, só te faz mal (ainda que penses o contrário). Força!
Beijinhos
Imagem de perfil

De Sofia Sequeira a 13.11.2014 às 21:03

Lembro-me de um sonho que tive em pequena: andava na natação, o meu professor pôs-me a fazer piscinas e depois carregou num botão e lançou dois tubarões para andarem atrás de mim para me comerem (????). Acordei em pânico. Devia ter uns 6 ou 7 anos e lembro-me como se tivesse sido ontem!
Imagem de perfil

De Carolina a 13.11.2014 às 21:13

Muito bom! Por acaso acho que nunca sonhei com tubarões.
Mas olha que ter um botão desses às vezes dava jeito! Ehehe
Beijinhos
Imagem de perfil

De Ana a 15.11.2014 às 19:24

Por acaso não sou de sonhar todos os dias. Às vezes até estou bastante tempo sem sonhar mas quando acontece, normalmente são logo vários dias seguidos. E nunca sonho coisas com sentido. É sempre algo sem lógica nenhuma e demasiado imaginativo.
Imagem de perfil

De Vanessa a 17.11.2014 às 03:08

Tenho três sonhos que foram um autêntico trauma e até hoje nunca me esqueci:
- Sonhei que estava a passar numa ponte sobre o mar/rio e que de repente passou alguém por mim, empurrou-me e eu fiquei pendurada na ponte, quase a cair para a água, a chorar, cheia de medo, rouca de tanto gritar por ajuda, até que perdi as forças, caí e... acordei. (o que isto tem a ver com o real? tentaram empurrar-me de um pontão para a água - pessoas que não conhecia - e eu na altura não sabia nadar e aquilo era super fundo.)
- Sonhei que estava no café e que entrou uma cobra lá para dentro e eu consegui correr para a rua, fiquei em cima de um banco de jardim mesmo lá à saída, ao pé de um carro, mas de repente aparece uma espécie de anaconda e enrola-se no carro e vem para me atacar, com aquela boca enorme aberta e... acordei. (o que isto tem a ver com o real? tenho pânico de cobras, é um bicho que nem posso olhar que me começo a corroer toda.)
- Sonhei que estava em casa, no quarto, deitada na cama a fazer tempo para ir para as aulas e começo a ver uma nuvem tipo funil dentro do quarto, no tecto, em cima de mim e parecia uma poeira. Achei tão giro que comecei a filmar e a fotografar, publiquei na net e tudo. Saí para ir para as aulas, a minha colega de casa também ia comigo e assim que saímos à rua, ela olha para cima e diz-me que está um tornado em cima da nossa casa, mesmo em cima do meu quarto. Fiquei preocupada, mas não liguei. Ia de carro para a escola, passava numa marginal de carro e ao longe via o tornado e continuava a tirar fotografias disso. Chegava à escola e era ao pé de uma peixaria, uns queriam-me roubar o carro e eu dizia que não o queriam porque era velho demais. Tudo bem e tal, volto para casa, com os meus pais no resto-chão e vou ao quarto... mas vejo muita luz a sair de lá e basicamente estava tudo destruído, havia um buraco na parede, não havia tecto... e por aí. Chamava por os meus pais para verem e eles não acreditavam... e acordei. (o que isto tem a ver com o real? não sei... só tenho pânico de trovoadas.)

Por vezes também tenho uns sonhos parvos e vou à net ver o significado e fico a pensar se é ou não verdade o que quer dizer, se pode ou não acontecer algo, etc.. Mas os sonhos são sempre uma coisa estranha.

Comentar post






Arquivo


Pesquisar

  Pesquisar no Blog




blogging.pt